Imóvel Rua Augusto Ribas nº 873

Processo: 35/2001

O imóvel está situado na Rua Augusto Ribas próximo à Praça Barão do Rio Branco, centro da cidade de Ponta Grossa. Durante a década de 1930, foi propriedade de alguns membros da Família Farago.
Segundo depoimento do Sr. Rinaldo Guzzoni, na década de 1940 (aproximadamente) funcionou no local a “Tipografia de Pery Baroncini”. Desde o ano de 1954, iniciaram no imóvel as atividades da Lord Magazin – loja de confecções (masculina, feminina e infantil), estando há 47 anos no mesmo local.
A fachada do prédio é original, foram feitas apenas reformas internas para atender ás necessidades do comércio ali estalado. Acredita-se que o imóvel possua de 80 a 100 anos de existência.
No século XIX, “Rua das Tropas” localizava-se na atual Rua Augusto Ribas, e passava pelo então Largo do Rosário (hoje Praça Barão do Rio Branco). O tráfego na Rua das Tropas era repleto de boiadas e muares carregadas, que seguiam em direção a São Paulo.
Com o crescimento industrial e comercial nas primeiras décadas do século XX, algumas ruas foram abertas e niveladas. Ao redor do Largo do Rosário muitas casas foram construídas para ser residência e pontos comerciais, bem como algumas instituições religiosas e educacionais, como o Colégio São Luiz (1905), o Instituto João Cândido (1907), o Colégio Estadual Regente Feijó (1972), a Prefeitura Municipal (na esquina da Av. Vicente Machado), que posteriormente tornou-se sede dos Correios; entre outros.
Durante o governo de Albary Guimarães, foi construída na Praça Barão do Rio Branco a Concha Acústica (1938), o Parque Infantil e o muro de Arrimo.
A Praça Barão do Rio Branco tornou-se ponto de referência da cidade, pois era local de paradas de desfiles militares e escolares, bem como de realização de discursos e comícios políticos.
Pesquisadoras – Isolde Maria Waldmann e Claudine Cavalli Fontoura.
Supervisora – Isolde Maria Waldmann.