Rua Augusto Ribas n° 570/580/590
Processo: 52/2001

O imóvel foi construído em 1919 por José Domingues Garcia. Em 1920 foi efetuada a venda do prédio para o Dr. Cândido de Mello e Silva. Nascido no ano de 1880 em Curitiba, era formado em farmácia, Odontologia e Medicina pela Faculdade do Rio de Janeiro. Foi capitão médico da Força Militar, médico Municipal de Antonina e de Guarapuava, além, de auxiliar do Instituto Oswaldo Cruz.
Justificativa Arquitetônica
A construção conhecida como Castelo dos Baixinhos é um representante singular de arquitetura eclética na cidade, já que apresenta uma mistura de estilos com uma grande quantidade de detalhes.
Trata-se de uma construção de alvenaria de um pavimento com aproveitamento de porão. É importante observar que existe uma grande distância entre o nível do pavimento térreo e o piso da rua, o que é típico das antigas “Ruas das Tropas”. Essa faixa não possui nenhuma ornamentação.
A construção é de meio de quadra, com a fachada junto ao alinhamento predial, sendo que a entrada principal se dá pela lateral, ao se atravessar por um portão de ferro forjado que dá para a escada de acesso.
A cobertura de telhas cerâmicas foi substituída por telhas de fibrocimento, mantendo, entretanto, o mesmo volume de duas águas com cumeeira paralela á fachada principal, existindo beirais nas demais faces da construção.
A platibanda é modulada por elementos verticais em relevo e alvenaria, os quais são encimados por coruchéis e ânforas. Entre cada um dos mencionados elementos verticais existem relevos retangulares na alvenaria, e no centro da platibanda existe um frontão, encimado por uma cornija sinuosa e possuindo relevos na argamassa ao centro.
Dividindo o corpo da casa da platibanda existe um friso e uma grega, abaixo dos quais os vãos se dispõem de forma modulada entre os elementos verticais da platibanda. Por toda a fachada principal se encontram relevos na alvenaria com motivos naturais.
Um vão central dá para um pequeno balcão, protegido por um gradil de ferro forjado. Todos os vãos são encimados por arco abatidos e vedados por esquadrias de madeira de duas folhas de abrir com bandeiras na parte superior.
Do lado esquerdo de quem da rua olha existe um estreito anexo, posterior á construção, em estilo Art. Decô, que está integrado ao restante da construção e deve ser preservado como uma intervenção tardia que não prejudica a harmonia do todo.
O edifício localiza-se em uma área cuja a preservação da escala e das construções particular é muito importante devido á qualidade e quantidade de construções históricas, e o edifício em questão, em particular, merece destaque por sua singularidade da paisagem da cidade.
Por: Ana Paula Baars

 

Localizado na Rua Augusto Ribas, o imóvel foi construído em 1919 por José Domingues Garcia. Em 1920 foi efetuada a venda do prédio para Dr. Candido de Mello e Silva. Em 1936 encontram-se registros da ocupação do imóvel pelo consultório odontológico de Antônio Vendrami, seu atual proprietário. Entre 1991 – 1999  foi ocupado pelo Berçário e Maternal Castelo dos Baixinhos.