Ambas as casas foram construídas antes de 1930 e eram de propriedade de Lysandro Alves de Araújo, industrial e fazendeiro, que veio morar em Ponta Grossa após a morte de seu pai passando a administrar fazendas herdadas. É uma das construções mais lembradas pelos Ponta-grossenses como exemplos de arquitetura histórica, com muitas características originais preservadas e pelo seu estado geral de conservação. Tombado em 2001, estilo eclético.