No quinquagésimo dia após a Páscoa os cristãos comemoram o dia de Pentecostes, o envio do Espírito Santo à Igreja. Com a morte de Cristo, os discípulos e os seus seguidores não tinham mais o Mestre fisicamente para atender suas necessidades, e foi em cumprimento à promessa de Jesus, que o Espírito foi enviado sobre os apóstolos.

Trazida ao Brasil pelos colonizadores europeus a festa do Divino é uma celebração popular, ela acontece todos os anos na Cidade de Ponta Grossa, a festa fica cheia de cores e músicas, os moradores saem às ruas com a Bandeira, com roupas vermelhas, saem procissão, vão as novenas, missas, casa dos devotos, fazendo suas orações.

A festa é durante o dia todo e fiéis de outras cidades vem para celebrar. A festa é uma celebração ao Divino Espírito Santo é festejada cinquenta dias após a Páscoa, portanto não tem data certa para acontecer. Em Ponta Grossa, foram realizadas em dois tempos, entre os anos de 1882 e 1910 e com sua reedição em 2003. As festas promovidas pela Casa do Divino sempre ocorrem com um misto de sagrado e profano, pois ao mesmo tempo em que a festa conta com comemorações e cantos em honra ao Divino e a procissão saindo com as bandeiras em direção a catedral.

Para completar a adoração, festividade e religiosidade, as bandas, músicas, danças e a praça de alimentação concluem a celebração.