O Conservatório Maestro Paulino é uma instituição cultural que atualmente encontra-se sob a administração da Fundação Municipal de Cultura de Ponta Grossa. Fundada na década de 1950, na gestão do prefeito Cyro Martins, pelo decreto-lei 232/72, de 27 de julho de 1972, a então Escola de Música Tenente Paulino Martins Alves tinha por objetivo a formação musical e o aperfeiçoamento dos músicos da Orquestra Sinfônica de Ponta Grossa, bem como despertar o interesse de novos aprendizes e estimular a produção musical na cidade. O nome, aliás, é uma homenagem ao membro fundador e primeiro maestro da Banda Lyra dos Campos (que veio a se chamar posteriormente Banda Escola Lyra dos Campos), fundada em 1952, e da Orquestra Sinfônica de Ponta Grossa (hoje Orquestra Sinfônica Cidade de Ponta Grossa), fundada em 1954. No ano de 1992 a escola de música teve seu nome alterado para Conservatório Dramático Musical Maestro Paulino Martins Alves. Ao longo de sua história a Escola, depois Conservatório, foi crescendo e ampliando seu rol de cursos ofertados para atender um público mais amplo. Em 2010, o Conservatório passou por uma renovação de seu corpo docente e técnico, e por uma reestruturação de suas práticas pedagógicas e administrativas, firmando parceria com a FAUEPG (Fundação de Apoio à Universidade Estadual de Ponta Grossa). O então denominado Conservatório Maestro Paulino manteve tal parceria até o final de 2014. Após o término do contrato com a FAUEPG, a administração do Conservatório Maestro Paulino retorna para a Prefeitura Municipal de Ponta Grossa, estando nos dias de hoje sob a responsabilidade da Fundação Municipal de Cultura.
Texto: Conservatório Maestro Paulino.
Fotografia: João Paulo Pereira

Responsável: Douglas Passoni
Endereço: R. Frederico Wagner, 150
Telefone: 3220-1000 Ramal: 2297 – 2299


Agenda: Suspensa em virtude da pandemia do COVID-19