As transformações nos usos e funções da Praça Getúlio Vargas, que passou por mudanças até em sua denominação, Bernardes Moreira Garces (nomeada na década de 1930), Getúlio Vargas (1956) e conhecida popularmente como Praça dos Bichos, revelam o movimento de restruturação do espaço, articulado com a evolução das atividades sociais, na estrutura urbana do bairro de Nova Rússia

O espaço onde está localizada a praça, desde as origens do bairro no município de Ponta Grossa, era destacado pela posição privilegiada em relação às estradas que davam acesso a sede do município.  

Os significativos desenvolvimentos das atividades comerciais e o destaque na localização do bairro de Nova Rússia, aliados as necessidades da criação de um espaço para o desenvolvimento educacional e cultural por parte dos cidadãos Pontagrossenses, foram decisivos para a implantação do Jardim Zoológico e Botânico municipal na praça. A implantação desse jardim zoológico e botânico em 1956 originou alterações nas estruturas físicas da Praça Bernardes Garces, com a colocação de jaulas para abrigar os animais, implantação de diversas espécies vegetais e construções físicas de acessibilidade. Como um ponto de ônibus, um dos mais antigos da cidade que foi construído em um estilo arquitetônico diferenciado dos outros, que atualmente passa por problemas de conservação. Os monumentos como um Busto do Presidente Getúlio Vargas com a “Carta Testamento do Presidente de 24 de agosto de 1954” e uma cuia de chimarrão em homenagem ao presidente Vargas. 

Na década de 1970, com aumento das atividades urbanas e exigências sanitárias, o jardim zoológico foi desativado e parte de seus animais foram transferidos para unidades em Curitiba e alguns foram soltos no Parque Estadual de Vila Velha. Essa mudança na função do espaço ocasionou alterações nas estruturas físicas e nas atividades socioculturais. Foram introduzidas atividades esportivas, com a instalação do ginásio de esportes ZUCÃO, e área de recreação com parquinho para as crianças e uma quantidade significativa de árvores que realçaram qualidade ambiental e o uso da praça. 

O bairro de Nova Rússia, localizado na porção noroeste da cidade de Ponta Grossa-PR, é responsável atualmente por proporcionar espaços para diversas atividades comerciais, algumas indústrias e moradias. O crescimento populacional deste bairro, que é um dos principais da cidade, reflete a falta de novos espaços públicos, distribuídos pela estrutura urbana, para atividades de lazer e convívio social. A Praça Getúlio Vargas, atualmente recebe um fluxo considerável de pessoas: como estudantes, crianças, trabalhadores, moradores da região e principalmente grupos da terceira idade.