Ponta Grossa, como qualquer outra cidade, está repleta de grandes artistas. Mas o problema está nos “artistas errados”, que não compreendem o valor das coisas, o lugar certo das manifestações e depredam o rico patrimônio cultural que conta a história de tantas pessoas.

O Departamento de Patrimônio Cultural realiza campanhas de conscientização, sensibilização e educação patrimonial colaborando para que futuras gerações sejam guardiãs da memória e da preservação de bens materiais de sua cidade.

A campanha Artista Errado tem como objetivo promover a discussão sobre o vandalismo, a depredação e as ações humanas sobre o patrimônio de Ponta Grossa, envolvendo jovens estudantes dispostos a preservar .